sábado, 14 de agosto de 2010

Para Isadora (L, ficou feinho porq fiz rapído, mais é com amor. TE AMO.

E meu mundo já não saberia sobreviver sem você. A distância é só um elo entro o céu e nós, que olhando pra lua te imagino olhando também, e vejo que tudo é real. É tão surreal quando falo com você que mesmo sem te tocar, sinto - te presente nos ventos mais fortes, nas nuvens desenhado nosso amor. é algo inexplicável que faz - me flutuar, perder o chão, me sinto fora de mim em mencionar teu nome. E só eu e você sabemos o que passa em nossa mente quando trocamos aqueles carinhos ardentes, espero insaciavelmente o dia que aqui denovo de terei, e sóbrio quero estar para poder comprovar esse furacão que torna - me mais forte e mais fraco. Um jogo de sentimentos que veio nem sei de onde, mais o que importa ? Se agora o imaginário se torna mais real que o possível.
http://www.youtube.com/watch?v=acvIVA9-FMQ
                                                                               Richard Lins.

2 comentários: