terça-feira, 17 de agosto de 2010

...

Por muito tempo usei essa capa de cordeiro, mas agora não dá mas, não é minha escencia, a aureola caiu, e hoje, eu só quero mergulhar nesse mar de perdições e experimenta todos os pecados que me convém. E a felicidade irá vigorar, é só eu entrar que sinto a sensação rude de alucinações, onde me encontro normal. Transforma - me em vários espíritos que são incógnitas em uma sociedade hipócrita de cabeças quadradas. Me vejo um leão que quer devorar - te, e se sentir maioral ao ver - me no controle de sua alma. Quero me perder e ter consciência que não sairei mais desse lixo de mundo. Me encontro em meio á tantos perdidos que comem meus pensamentos, e me consomem como uma droga, desejam - me cada vez mais querendo me fazer perdido, induzindo - me á contra - mão, fazendo - me o ser mais orrento, e cordeiro não serei mais.
                                                                        Richard Lins.

2 comentários:

  1. absolutamente incriveel *_*
    Sempre amareei seus posts :D

    ResponderExcluir
  2. Owwn amor, muito obrigado *_* te amo muito muito

    ResponderExcluir