segunda-feira, 23 de agosto de 2010

..

Loucamente ela vinha em minha direcção que fazendo refém dessa necessidade louca de me ver escreva de seu amor. Ela vem me buscar mesmo que escondido esteja, e mesmo fazendo - me de morto seus instintos me descobrem. Ela me impulsiona a me desconectar dos meus princípios, e rouba os meus pensamentos bons. Trata - me como um animal, e se sobrepõe a mim como uma devoradora e acorrenta - me, e eu tentando escapar, pega - me mentindo com o olhar. Usurpar - me até fraco eu me encontrar, e quando estou me rendendo a tanto tormento e em entrego a essa insanidade avassaladora, me chuta como um lixo, e rasga meu coração só com o partir, deixando um simples ato de saudade.
                                                                    Richard Lins.

6 comentários:

  1. Eita .. tipo um .. fica correndo, depois usa, descarta e joga fora =( .. mas é a vida, vivendo e aprendendo.

    ResponderExcluir
  2. pois éah neh é com essa constancia que agente vai vivendo.

    ResponderExcluir